Virtual Mamoré

Virtual Mamoré

Do sucesso em Game of Thrones à clínica de reabilitação para dependência química

Do sucesso em Game of Thrones para clínica de reabilitação para dependência química

Um dos protagonistas da série de maior sucesso nos últimos tempos, considerado por muitos o principal, Kit Harington, ator britânico que interpretou Jon Snow em "Game of Thrones", entrou em uma clínica de reabilitação pouco antes do final da série da HBO ser transmitida.

Segundo informações divulgadas nesta terça-feira (28) pelo jornal New York Post, o ator decidiu lidar com "problemas pessoais", sem entrar em muitos detalhes. A natureza do centro de reabilitação, no entanto, deixa evidente se tratar de problemas com entorpecentes.

"Kit decidiu usar a pausa em sua agenda como oportunidade de gastar um tempo em um 'retiro de bem estar' para tratar de questões pessoais", informou o jornal. "Todas as pessoas próximas a ele queriam muito que ele descansasse um pouco. Agora ele só precisa de paz e descanso".


Segundo informações do G1, dificuldades com o estresse e com o álcool seriam os motivos da internação, que chama atenção pela figura representativa que o personagem "Jon Snow" assumiu no imaginário coletivo, isto é, de força, determinação e superação.

Muitos fãs da série que não gostaram do capítulo final usaram a notícia como forma de piada: "Até entendo ele, depois de um final horrível para o seu personagem que colocaram é impossível não se frustrar mesmo", escreveu um internauta.

"Também depois de enfrentar o Rei da noite, matar a daenerys (sic)... se estressou e começou a tomar uns gorós, agora voltou pra guarda da noite sem direito a FGTS ou seguro desemprego!", comentou outro.


Apesar das críticas de mau gosto com algo tão sério, a verdade é que é cada vez mais frequente o uso grave de entorpecente no mundo das celebridades. Isso é algo que a sociedade deve se preocupar, visto que muitos desses usuários servem de inspiração para o público em geral.

Entender às circunstâncias em que tais pessoas entram na dependência química e como isso está relacionado ao trabalho, por exemplo, é necessário para entender até que ponto a cultura que estamos consumindo é produto desse contexto de adoecimento onde nem mesmo os "bem-sucedidos" escapam, ou não.



Nenhum comentário

Mais no Virtual Mamoré