Virtual Mamoré

Virtual Mamoré

Após denúncia, Policial Ambiental prende gerentes de dragas em Porto Velho


Três gerentes de dragas foram presos na noite da última segunda-feira (8) durante uma operação do Batalhão de Polícia Ambiental de Porto Velho, para combater a extração ilegal de ouro na Área de Proteção Ambiental do Rio Madeira. O RONDONIAGORA noticiou a presença de dragas ancoradas na margem esquerda do rio que, segundo relatos de moradores, estavam atuando embaixo da ponte no período noturno.


Ao anoitecer, os policiais se deslocaram para o local e flagraram duas dragas em plena atividade nas proximidades da ponte e outra a poucos metros de distância, todas atuando clandestinamente na área de proteção.


Durante a abordagem, os policiais apreenderam as dragas, equipamentos e maquinários usados na extração de ouro. Somadas as multas chegam a R$ 450 mil.


Segundo a Polícia, os militares encontraram uma grande quantidade de mercúrio em duas dragas, que é prejudicial à saúde.


Um levantamento feito pela Polícia Ambiental, constatou que a extração ilegal aumenta durante o período de seca. “Essa época do ano é mais vantajosa a extração nessa região. Nós intensificamos as fiscalizações nesse momento em que eles estão mais concentrados no rio”, disse o major Washington Soares.


Os três gerentes receberam voz de prisão, foram encaminhados para a sede da Polícia Federal e em seguida para o presídio Pandinha.



Fonte: Rondoniagora

Nenhum comentário

Mais no Virtual Mamoré