Virtual Mamoré

Virtual Mamoré

#DiaDePan: Brasil fecha em segundo no quadro de medalhas e bate recordes de ouro

(Foto: Jonne Roriz/COB)

Por Redação Blog do Esporte


Chegamos ao final dos Jogos Pan-Americanos de Lima. A delegação brasileira bateu recorde de medalhas de ouro, com 55 medalhas, e fechou na segunda colocação no quadro geral. Com isso, o Brasil supera dois recordes, um deles um tabu.

O primeiro foi o de superar as 53 medalhas de ouro do Pan do Rio, em 2007, até então a melhor campanha do Brasil. O segundo foi sobre a segunda colocação no quadro de medalhas, que não acontecia desde 1963, quando a seleção fechou em segundo lugar no Pan de São Paulo. O Brasil ainda ganhou 45 medalhas de prata e 71 medalhas de bronze.

Nós começamos o domingo com a medalha de ouro da judoca Mayra Aguiar, na categoria até 78 kg. Ela derrotou a cubana Kaliema Antomarchi aplicando um ippon. Tivemos também o bronze da judoca Beatriz Souza, na categoria +78kg, ao derrotar a adversária da Nicarágua aplicando um ippon.

Mayra Aguiar e seu ouro (Foto: Sergio Moraes/Reuters)

O Brasil não levou medalha no vôlei feminino. A seleção foi superada pela Argentina e não subiu ao pódio na disputa do bronze.

As brasileiras Nina Miozzo e Luíza Altmann terminaram na 17ª e 23ª posições, respectivamente, na disputa do golfe, primeira vez que o esporte é disputado em um Pan.

No karatê, o atleta Vinícius Figueira foi superado pelo chileno Camilo Velozo por 7 a 4 e ficou com a medalha de bronze. Hernani levou a medalha de prata ao perder a decisão da categoria até 75kg para o americano Thomas Scott. Já o atleta Douglas Brose também ficou com a prata ao perder a final da categoria até 60 kg.

No tiro com arco, o brasileiro Marcus Vinícius D’Almeida foi derrotado na final pelo canadense Crispin Natanie Duenas por 6 a 4 e ficou com a medalha de prata.

Quadras final de medalhas (Foto: Reprodução)

Nenhum comentário

Mais no Virtual Mamoré