Virtual Mamoré

Virtual Mamoré

CASO DE POLICIA: Bingão da Solidariedade pode ter investigação policial

Um dia depois da realização do Bingão da Solidariedade realizado durante a tarde de domingo (01) na Praça Mário Correia em frente a Rádio Educadora no centro da cidade, o responsável pela venda das motos sorteadas procurou a polícia para relatar que a compra das motos foi cancelada.
 Ele disse que o responsável pela realização do bingo, que alegou ser servidor publico do estado iniciou o processo de compra de duas motocicletas, e informou durante o processo de intenção de compras fariam parte dos objetos a serem bingados no domingo.

As motos que estavam em processo de compra é uma BIZ 110/BRANCA ano e modelo 2019avaliada em R$ 9.460,00 (nove mil quatrocentos e sessenta reais), e uma START 160 VERMELHA avaliada em R$ 9.975 (nove mil novecentos e setenta de cinco reais), de acordo com o vendedor, tudo ficou certo para no dia 21 de novembro o responsável pelo bingo dá uma entrada na importância de R$ 2.000,00 (dois mil reais).

Mais na data combinada essa entrada não foi efetuada como havia sido combinado, o responsável pela venda disse que o bingo foi realizado na data que realmente estava agendada e no dia seguinte a realização do bingo o coordenador do sorteio ligou para o vendedor e cancelou a compra das duas motocicletas, dizendo que iria negociar os valores das motocicletas com os ganhadores.

O Site apurou que no inicio da noite desta segunda-feira (02) quatro pessoas estiveram na delegacia de policia civil para registrar ocorrência contra o coordenado do SHOW DE PRÊMIOS DA SOLIDARIEDADE, duas mulheres e dois homens, três deles ganharam no sorteio do bingo a moto Biz 125 de cor branca e em comum acordo decidiram dividir o prêmio, e um rapaz ganhou a Fan.
No fim do evento o coordenador do bingo combinou com os ganhadores que o prêmio seria entregue ontem ás 10h00minutos da manhã na empresa que havia vendido às motos.

Só que os ganhadores chegaram no horário combinado, e o coordenador do bingo não apareceu no dia e hora combinada, o rapaz que ganhou a moto Fan disse que na hora em que ganhou o prêmio, o coordenador do sorteio ainda o fez assinar um documento diante de muitas pessoas, esse documento ele acredita ter sido o recebimento da motocicleta citada.

A polícia deve começar ouvir pessoas ainda está semana, inclusive o ganhador do carro também deve ser ouvido uma vez que não houve registro de ocorrência em relação a ele.
A polícia agora quer saber quem ele é, e se existe algum grau de relação com o coordenador do bingo, a polícia já recebeu informações que o coordenador do sorteio deixou a cidade e investiga se ele de fato é agente publico com se apresentou em muitos lugares antes da realização do evento, o site agoraguajara.com vai acompanhar de perto o caso.
Fonte: Agora Guajará.





Nenhum comentário

Mais no Virtual Mamoré