Virtual Mamoré

Virtual Mamoré

Willian os donos de bolas paradas no Rondoniense-2020

Como sou avexado que só - não à toa nasci de 7 meses -, quero nessas mal traçadas fazer uma homenagem a dois Willians (será assim o plural de Willian?). Um é atleta do Guajará EC que abriu o placar na 1ª rodada para seu clube num gol de falta - a bola tocou na barreira, tirou o goleirão da jogada, mas entrou -, é o que conta.

O outro Willian foi na 2ª rodada. Ontem, sábado(8), no Cassolão e de virada, o atual campeão Vilhenense EC estava perdendo o jogo para o Guaporé FC - empatou, e Willian virou.

Virou meus nobres, mas um golaço de falta, era o 2º tempo falta no bico da grande área lado direito do goleiro do Guaporé, este colocou os galalaus na barreira, até o Alemão com seus 2 m de altura. Um atleta ajeita a bola como se fora bater de pé direito.

E o Willian apenas olhou a barreira, o goleiro e às suas tatuagens, bateu de pé esquerdo por cima da barreira sem chances para o goleiro do GFC. Olha, não tenho medo de afirmar este será o gol do final de semana no Brasil. E ainda teremos vários jogos hoje(9), nesse Brasil varonil.

Desculpem faço minha homenagem em virtude da plástica do gol. E olhe que são dois em duas rodadas, gol de falta..., que anda em falta no Brasil.

Ah, parabéns Vilhenense que já está no topo de seu grupo e, aos casal: Anabella e Yan, filhos do maestro do golaço de falta (está na tatuagem dele).



01 - Willian homenagem aos filhos;
02 - Willian se prepara para bater a falta;
03 - Bola no ângulo direito, sem chances.

Fotos: Fanpage do Vilhenense

Nenhum comentário

Mais no Virtual Mamoré